12 Lições de liderança dos maiores líderes de todos os tempos

Criar uma lista com as maiores lições dos maiores líderes e mais inspiradores não é nada fácil. Imagine além de criar essa lista, em seguida, reduzi-la para apenas 12 lições. Uma das razões da dificuldade em fazer isso é que cada líder nos ensinou lições de forma variadas.

Alguns líderes alcançaram suas metas como resultado de sua determinação de perseguir um sonho apesar das adversidades. Muitos alcançaram feitos tão incríveis que são lembrados muito depois de suas mortes.

Outros, por outro lado, permaneceram firmes em suas convicções e manifestaram-se pelos direitos dos outros, mesmo que isso significasse colocar em risco sua própria liberdade e em alguns casos suas vidas.

Alguns líderes, por outro lado, são inspiradores e respeitados por causa de sua habilidade natural de criar, capacitar e influenciar pessoas a realizar ações importantes que chegam a impactar o mundo.

A lista abaixo é curta, apresenta apenas 12 lições de líderes inspiradores. Mas você pode ter certeza que esses líderes foram pessoas inspiradoras e poderosas que causaram impacto no mundo para melhor e motivaram milhões, senão bilhões, de pessoas a fazerem mudanças positivas. Acreditamos que essa pequena lista é de grande ajuda para todos os que estudam sobre liderança.

Lição 1 – O Objetivo da Liderança – Gandhi

Mahatma Gandhi é conhecido como um dos maiores líderes que já existiu. Ele desenvolveu o poder de liderança no movimento pacífico “satyagraha” (“força da alma”), que começou na África do Sul em 1906. O Satyagraha ajudou milhões de indianos a escapar da escravidão cruel de sua ocupação. Mais tarde, Gandhi usou esses princípios para forçar o governo a conceder independência à Índia do Império Britânico.

O movimento “satyagraha” teve sucesso porque foi baseado na convicção de Gandhi de que sua liderança liderada pela força seria contraproducente. Ele percebeu que protestar com violência não resultaria em muito, e apenas o faria parecer um criminoso. Portanto, Gandhi preferia usar princípios pacíficos, como a compaixão humana e a caridade. 

Como resultado, esse movimento trouxe grandes mudanças ao mundo. Hoje, o princípio de Gandhi de que ele costumava motivar outras pessoas a mudar foi adotado por milhares de líderes de várias partes do mundo.

As habilidades de liderança que você está desenvolvendo hoje devem ser focadas no bem maior, mas também podem ser um incentivo para o bem de sua família, amigos, funcionários, associados e negócios. Devemos nos esforçar para ver além de nossos próprios desejos e interesses egoístas.

Lição 2 – Liderar com abnegação – Gandhi

Um dos traços de liderança mais importantes que Gandhi exibiu foi sua prontidão para estender a mão aos outros. De acordo com Gandhi, a liderança envolve abnegação para motivar os outros a desenvolverem boa vontade. Significa que não devemos ter como objetivo apenas fazer a coisa certa, mas também fazer o que é gentil.

Um líder deve mostrar empatia, simpatia, amor e afeição por seu povo. Embora às vezes os líderes precisem “liderar” com força e poder, Gandhi fez o melhor para liderar usando suas ações não violentas. Ele lutou pela causa da liberdade, compaixão e mudança pacífica. Suas ações gentis e apaixonadas encorajaram outros a seguir seu exemplo.

Lição 3 – Admita quando você cometer um erro – Winston Churchill

Churchill, apesar de sua glorificada reputação de herói de guerra, cometeu erros graves como líder. Pelo bombardeio de Dresden, ele foi punido. As forças aliadas bombardearam uma cidade com cerca de 200.000 alemães feridos e em fuga apesar de existirem poucas evidências. Diz-se que Churchill ordenou o ataque na ideia equivocada de que apressaria a derrota da Alemanha.

Churchill, por outro lado, reconheceu seu erro depois de percebê-lo. Os generais foram avisados em um telegrama ultrassecreto para reavaliar como estavam travando a guerra e selecionando alvos de bombardeio.

Lição 4 – Saia da inércia – Winston Churchill

Churchill entendia que uma pessoa comprometida precisa investir tempo e esforço para realizar algo. Essa disciplina auto imposta criou uma cultura de responsabilidade, reavaliando constantemente as coisas que funcionavam e mudando as que não funcionavam. 

Sua dedicação também abriu um precedente para a liderança política da época. Ele lutou para que seu partido e os membros de seu partido criassem mudanças em seus constituintes e em seus próprios partidos. Como resultado, ele conseguiu o progresso político do Reino Unido, algo que continuou muito depois de seu mandato terminar.

Lição 5 – Desafie o Status Quo – Dr. Martin Luther King

Embora hoje King seja lembrado como um líder inspirador em sua época ele não foi aceito pela sociedade. Diferente deles, King, entendeu que seu sonho de igualdade naquela época impopular era mais vital do que o status quo. 

Com seus atos, protestos e boicotes ele sacudiu a sociedade. Provocando dessa forma o progresso e a inovação. Martin Luther King nunca acreditou que simplesmente porque algo foi feito de uma maneira específica significava que estava correto.

Lição 6 – Considere as possibilidades – Dr. Martin Luther King

Quando se tratava de selecionar alvos e táticas, o Dr. King e sua equipe examinaram tudo, desde protestos não violentos até ataques pacíficos às leis de segregação. Ele considerava todas possibilidades com olho atento aos riscos, repercussões inesperadas e significado simbólico, impulsionado por uma visão intransigente de justiça social.

King e seus poderosos aliados tiveram a coragem de tomar decisões difíceis, como continuar sua campanha apesar de ameaças de risco de vida, como um bombardeio na casa de King e uma subsequente tentativa de assassinato.

Lição 7 – Acreditar nos valores fundamentais – Nelson Mandela

Em seu discurso marcante no serviço memorial na África do Sul para o reverendo Martin Luther King Jr. em 2013, Mandela ensinou a seus companheiros ativistas e líderes globais o valor de uma convicção simples, mas profunda:

“Ser livre não é apenas se livrar das correntes, mas viver de uma forma que respeite e aprimore a liberdade dos outros.”


– Nelson Mandela

Os líderes devem se comprometer com os valores básicos e defendê-los contra todas as formas de relativismo ideológico ou moral. Isso inclui garantir que a igualdade racial não seja uma promessa vazia ou uma linha em seu currículo. 

Lição 8 – Esteja preparado para que a mudança seja uma bagunça – Nelson Mandela

Mudanças normalmente exigem sacrifícios e sofrimento. Todo mundo faria isso se fosse simples e não precisasse de muita coragem, certo? Mas o fato de você enfrentar problemas ou se sentir frustrado não significa que o motivo pelo qual você está lutando não esteja certo.

Mandela poderia ter ganhado uma vida boa como sócio no único escritório de advocacia de dirigido por negros na África do Sul. A empresa estava inundada de clientes enfurecidos que buscavam reparação por crimes cometidos por um governo que era hostil aos não-brancos. Ainda assim, ele saiu da sua zona de conforto e buscou mudanças que melhorou a vida de muitos.

Lição 9 – O sucesso é resultado da resiliência – Albert Einstein 

Para Einstein só havia uma maneira de ser bem sucedido e inspirar as pessoas. Ele sabia que ele precisava buscar o que ele desejava e estar disposto a fazer o que fosse necessário.

Albert Einstein foi resiliente desde que era apenas um menino. Ele nunca deixou que pensamentos ou comentários negativos o afetassem. Albert Einstein era uma personalidade famosa que despendia tempo e esforço nas coisas em que acreditava. Arriscou a vida por coisas em que acreditava. Embora muitas pessoas o criticaram, ele era resistente e defendia o que acreditava.

Lição 10 – Tenha visão própria – Albert Einstein 

Albert Einstein foi um grande líder. Embora seja mais conhecido pela “Teoria da Relatividade”, ele também foi um gênio organizacional. Desde sua inovação em descobertas teóricas e científicas até sua visão de quem todos nós somos. 

Einstein foi um visionário e observador, ainda assim ele não seguia as últimas tendências. Ele tinha visão própria sobre as coisas além disso ele possuía o desejo de guiar sua própria jornada. Dessa maneira, ele se tornou um dos maiores cientistas que já existiu e um grande líder que pode nos inspirar a fazer o mesmo.

Lição 11 – Fale sobre problemas específicos – Abraham Lincoln

Hoje, as pessoas têm memória curta e às vezes se esquecem de certos eventos e injustiças que aconteceram no passado. Lincoln sabia que era preciso se manifestar contra uma questão específica. 

Em seu famoso discurso, ele fala contra o abuso de poder e como ele estava determinado a se levantar contra esse abuso e lutar contra o que estava acontecendo na época. Não foi fácil para ele, especialmente porque pessoas influentes da época trabalharam duro para convencê-lo de que a escravidão era algo bom e que deveria ser protegida.

Isso é muito importante no mundo de hoje. Muitas pessoas se decidem sobre um assunto com base na opinião de outras pessoas. Quando identificamos e falamos sobre um problema as mudanças se tornam mais fáceis.

Lição 12 – Crie um bom ambiente de trabalho – Abraham Lincoln

Abraham Lincoln começou seu mandato como o 16º presidente em 1861. Seus inimigos rapidamente fizeram campanha contra ele apontando que ele não era um político experiente. Ainda assim, ele formou um gabinete com pessoas experientes e travou guerra contra o sul.

Não havia como prever o sucesso que ele teria como presidente. Ele poderia ter usado seu talento em outro lugar, mas reconheceu que devia a si mesmo e a seu país enfrentar o maior desafio que já enfrentou. Isso só foi possível pelo ambiente de trabalho que ele criou com pessoas capacitadas e experientes.

Ainda há muitos outros líderes e muitas outras lições. Esses são apenas alguns. Acompanhe o blog para ler mais artigos como esses. Um excelente artigo no blog para desenvolver liderança é a lista de livros sobre desenvolvimento pessoal.