Como lidar com burnout e continuar motivado no trabalho

A síndrome do burnout profissional é muito comum. Para lidar com isso geralmente recomendam, coisas como aproveitar um longo fim de semana, férias, ou até mesmo uma mudança de carreira.

Mas a verdade é que mesmo uma pessoa goste do que faz, pode se sentir esgotado e enfrentar o burnout no trabalho. Mesmo quando a pessoa sai de férias, muda para outro cargo ou se dedica a hobbies ela ainda se sente esgotada.

Vamos ver por que isso acontece e o que podemos fazer a respeito.

Por que uma pessoa pode se sentir esgotada mesmo que ame seu trabalho?

Uma das razoes do esgotamento é a falta de novidades. Mesmo a profissão mais empolgante pode se tornar monótona e pouco interessante com o tempo. E uma pessoa que já foi apaixonada por sua carreira pode passar a não gostar dela.

Isso pode ocorrer porque a pessoa atingiu o seu limite e não precisa mais encarar desafios e dificuldades. Mesmo em trabalhos que envolvem criatividade, o mesmo pode ocorrer. 

A rotina, não apenas no escritório, mas também na vida, pode ser opressora às vezes. Todos os dias, faz com que façamos as mesmas tarefas no trabalho, seguir o mesmo caminho para casa e saber o que vai acontecer conosco no próximo dia e assim por diante. A rotina e a previsibilidade das coisas fazem com que a pessoa se sinta esgotada.

Já outros, por outro lado, estão insatisfeitos com o ritmo alucinante do trabalho. E isto é acompanhado por uma completa falta de tempo para tarefas pessoais.

Outra coisa que faz as pessoas se sentirem esgotadas é o clima organizacional. Ele influencia a autoestima dos funcionários e, consequentemente, sua motivação para continuar trabalhando. Pessoas que precisam competir por bônus, aumentos de salário e outras coisas frequentemente se sentem esgotadas.

Por fim, uma pessoa pode sofrer burnout também quando conclui que seu trabalho ou negócio não valem nada.

Por exemplo, quando você trabalha numa empresa que não está indo bem e parece que seus esforços vão ajudar a empresa em nada. Ou quando percebe que seu trabalho não está fazendo diferença na vida das pessoas é uma das grandes razões do burnout profissional.

Como saber se você está esgotado (burnout)

Em primeiro lugar, considere o ambiente de trabalho. Se suas condições de trabalho pioraram, as tarefas ficaram mais complexas e seus salários estagnaram ou mesmo diminuíram, então o seu esgotamento é razoável. Talvez seja hora de você mudar e procurar alternativas de trabalho.

Mas caso você tenha um bom ambiente organizacional com boas condições de trabalho para os funcionários tente responder as seguintes perguntas.

  • Você desenvolveu uma atitude cínica e sarcástica no trabalho?
  • Quando você acorda cedo para ir trabalhar, o que lhe vem à mente: alegria ou pavor?
  • Você tolera erros ou comentários feitos por seus colegas de trabalho?
  • Odeia seus clientes?
  • Tem energia suficiente para realizar as suas tarefas diárias?
  • Bebe, fuma ou come junk food para se distrair de pensamentos relacionados ao trabalho?
  • Você tem dormido bem?
  • Está insatisfeito com sua empresa?
  • Sente dor de estômago, dores de cabeça ou outros órgãos quando está no trabalho?

Se após pensar nessas perguntas, você percebe que a sua resposta não é a ideal. Então sem dúvida, você está à beira do esgotamento. 

Dicas para superar o esgotamento quando você está cansado

Algumas pessoas se sentem melhores quando mudam para uma nova carreira, já outras não conseguem lidar e correm o risco de se sentirem esgotadas mesmo no emprego dos sonhos. Aqui estão algumas dicas nada convencionais para lidar com o esgotamento no trabalho.

Estabeleça uma linha clara entre trabalho e tempo pessoal.

Pessoas que acabaram de mudar para o trabalho remoto frequentemente enfrentam o esgotamento. É difícil para elas dormirem e trabalharem no mesmo local, especialmente se não tiverem um local reservado para seu escritório.

Assim mesmo que esteja trabalhando em casa, tente montar uma mesa separada ou talvez um escritório para você trabalhar. É importante também trabalhar em apenas um local: isso evitará você deixar formulários e outras coisas do trabalho em outros locais da casa. Ajudando assim a estabelecer uma barreira entre trabalho e vida pessoal.

Quando estiver fora do horário de trabalho ou de folga distraia-se com passatempos divertidos. É importante que esses momentos não tenham nada a ver com o seu trabalho e não sobrecarreguem a sua mente.

Algumas pessoas, por exemplo, assistem a programas de tv ou séries, algumas leem romances, enquanto outras ainda preferem uma atividade física como correr. Em resumo, você deve planejar uma atividade que permita que você relaxe e fuja do estresse do trabalho.

Estabeleça um desafio para si mesmo.

Algumas pessoas, estabelecem o desafio de serem promovidas no trabalho; este é um excelente objetivo de longo prazo. Se seu emprego não possui um plano de carreira, tente inovar em seu trabalho, especialmente se você já é perito nele.

Abaixo você pode ver Joy Mangano uma empreendedora de sucesso e conhecida no mundo todo. Mesmo após o sucesso do seu primeiro produto o Magic Pop, ela estabeleceu para si o desafio de criar e patentear outros produtos.

Fonte: site oficial da Joy Mangano. www.joymangano.com

Com isso ela se manteve motivada e além do Magic Pop criou mais de 100 outros produtos. Embora seja uma história simples é muito instrutiva.

Se você tiver que escrever uma carta para um cliente, revise-a como se fosse um revisor.  Se você tiver que vender algo, faça isso como se fosse o melhor vendedor.

Desse modo você vai conseguir lidar com o esgotamento além de se sentir mais motivado. Você pode até mesmo pedir bonificações ou uma promoção sempre que atingir um nível mais alto  

Descubra o que pode ser mudado no trabalho.

Este é um ponto importante para não se sentir esgotado no trabalho. Envolve considerar as condições de trabalho em geral e propor mudanças.

 Por exemplo, se você estiver cansado do ambiente de trabalho, converse com seu supervisor sobre isso e solicite uma transferência para outra área. O salário não agrada mais – comece a procurar justificativas para convencer a administração a aumentar o seu salário. Você acha que deveria ter mais responsabilidades; comunique isso ao líder.

Quando fazemos isso saímos da zona de conforto assim não guarde tudo para você.

Delegar responsabilidades.

Isso se aplica a situações de trabalho e pessoais. É difícil ser perfeito em todos os aspectos da sua vida, tanto profissionalmente quanto pessoalmente.

Se você mora sozinho, considere delegar algumas funções. Em vez de ir às compras, compre por um aplicativo que entregue na hora agendada. Se você não quiser passear com o cachorro de manhã cedo, encontre alguém que precise ganhar um dinheiro e ofereça esse serviço para ele.

É verdade que contar com terceiros pode ser caro, mas economizarão seu tempo e esforços.

Se você mora com um parceiro, pais, filhos ou amigos, tente criar uma lista de tarefas compartilhada. Além disso, tente ter em mente o quão ocupado você está agora, o que não quer fazer de modo nenhum e quais tarefas você está disposto a trabalhar. Isso ajudará a você preservar sua vida pessoal e prevenir o esgotamento do trabalho.

Se você estiver em uma posição de chefia, não tenha medo de delegar funções a subordinados que conseguiriam cuidar de tais tarefas e estão com tempo livre.

Considerações Finais

O esgotamento do trabalho é um problema real que muitos enfrentam. E lidar essa síndrome pode parecer difícil, mas se você seguir as dicas deste artigo você irá conseguir lidar com isso.

Além disso, o nosso site contém diversas outras dicas uteis e reviews de alguns livros que ajudam no desenvolvimento pessoal, não deixe de ler. Se estiver lidando com a tensão emocional veja algumas dicas dadas por especialistas que ajudam a vencer o estresse.  

Portanto, não desanime! Se algo está te fazendo sentir esgotado, mude na hora.